6 dicas para comer bem no restaurante por quilo

Os restaurantes por quilos, ou self-services, são os queridinhos de quem trabalha e almoça fora. Eles conquistam pelo preço, pela variedade de opções e pela praticidade. Muitos optam por esse tipo de restaurante também pela questão da saúde, mas é necessário se atentar ao seu prato para comer bem no restaurante por quilo.


Segundo a nutricionista Maria Clara Pinheiro, “A comida é nosso combustível e, por isso, devemos priorizar a qualidade na maior parte do tempo (…). Não deve comer como se fosse folga ou fim de semana. Procure escolher alimentos saudáveis (…)”. Saiba como fazer boas decisões para sua saúde no self-service.


Como comer bem no restaurante por quilo



Dicas simples para comer bem no restaurante por quilo. Fonte da imagem: Pixabay

1) Coma no horário certo

O ideal é não almoçar muito tarde e nem muito depois da sua refeição anterior. Quando vamos no self-service com muita fome, acabamos pegando mais comida do que o necessário, o que pode não ser muito bom para a saúde e nem para seu bolso.

“Quando estamos morrendo de fome, perdemos a capacidade de escolher nossos pratos. O ideal é sair para almoçar quando a vontade está chegando” diz a nutricionista Mariana Vilela Strang.


2) Veja todas as opções

Antes de começar a fazer seu prato, dê uma olhada em todo o buffet. Dessa forma, você saberá o que quer comer e evita exageros. Se for pegar uma carne que está no fim do self-service, por exemplo, não é necessário pegar um outro tipo de carne que está no começo.


3) Varie na salada

Se você estiver pensando em pular a parte da salada, é aconselhável rever essa decisão. Muitos buffets oferecem uma grande variedade de opções, como tomate, pepino, cenoura, repolho e até mesmo grãos germinados e broto de feijão. Procure variar nas opções para garantir uma ingestão maior de nutrientes.


4) Escolha um de cada

Em meio a tantas coisas gostosas, fica difícil não exagerar no carboidrato ou nas proteínas. Porém, para comer bem no restaurante por quilo é necessário dosar as quantidades. Se você já pegou uma quantidade considerável de arroz, evite massas, batatas e polentas, por exemplo. Ou se quiser variar, pegue em pouca quantidade.

O mesmo vale para as proteínas. Uma concha de feijão e um bife de carne já possuem a quantidade ideal de proteínas em uma refeição. O consumo excessivo de proteínas faz mal e pode causar problemas nos rins.


5) Evite frituras

Às vezes aquele desejo por uma batata frita pode ser grande, mas o ideal é não ceder à vontade todo dia no almoço. Não é segredo que as frituras fazem mal para a saúde quando consumidas em excesso, podendo causar problemas como doenças cardiovasculares, aumento da pressão arterial, má absorção de nutrientes, entre outros.

“O ideal é evitar ao máximo esses alimentos que necessitam da fritura em seu modo de preparo, pois o consumo da mesma pode causar diversos problemas relacionados à saúde. Dê preferência aos alimentos assados, grelhados e preparados no vapor”, diz a ginecologista e obstetra com prática em oxidologia Anna Bordini.


6) Cuidado com a sobremesa

Depois do almoço dá aquela vontade de comer um docinho, mas tome cuidado. Se você tiver comido um prato mais pesado, como feijoada, por exemplo, aposte em sobremesas como gelatina ou picolé de frutas.


Depois de almoços mais leves, ainda não é indicado comer doces, mas se optar por pegar, coma apenas uma fatia fina ou divida com alguém para evitar excessos.


Com o aplicativo da Liuv você pode comer bem no restaurante por quilo e ainda evitar filas depois do almoço. Baixe já no seu smartphone!


#restaurante #comida #gastronomia #saude #semfilas

0 visualização
  • YouTube
  • Instagram
  • LinkedIn

© 2020 LIUV SERVIÇOS TECNOLÓGICOS 

CNPJ: 23.432.890/0001-06

Rua Jesuíno Arruda, 797 - CJ 72 
Itaim Bibi, São Paulo - SP

Atendimento

+ 55 11 3854 1771

Dias úteis das 09:00 as 18:00

badge-app-store.png
badge-google-play.png